A responsabilidade social

O que a Clarins faz pela comunidade.

Empresa cidadã aberta ao mundo, Clarins incentiva a inovação e compromete-se plenamente em projetos médicos, humanitários e ambientais.

A saúde e o bem-estar de todos, a educação e o apoio às crianças, bem como a preservação da biodiversidade, são os três domínios privilegiados das iniciativas sustentáveis da Clarins.

Cada uma delas testemunha o seu compromisso perene e dedicado às gerações futuras.

Desde 2011, Clarins está envolvida numa parceria com a FEED para melhorar a nutrição e a escolarização das crianças desfavorecidas.

Desde 2011, Clarins está envolvida numa parceria com a FEED para melhorar a nutrição e a escolarização das crianças desfavorecidas.

A ambição da Clarins é tornar mais bela a vida das gerações futuras. "

Christian Courtin-Clarins, Presidente do Conselho de Vigilância

A beleza encarada com seriedade, a saúde e o bem-estar encarados com devoção.

Quando uma mulher se sente bonita, sente-se bem e enfrenta melhor as doenças. Levar momentos de beleza, de carinho e de atenção às mulheres que sofrem de cancro é o objetivo comum de duas associações que a Clarins apoia: Étincelle e Belle & Bien.

Clarins participou na criação da Étincelle, preparando uma cabina de tratamentos e facultando formação às esteticistas nos seus métodos manuais. Junto da Belle & Bien, sob o patrocínio da Liga Contra o Cancro, Clarins organiza ateliers de beleza em 22 hospitais de França para prestar apoio psicológico a mulheres que sofrem de cancro.

Clarins apoia a Fundação Arthritis desde 1989.

Clarins apoia a Fundação Arthritis desde 1989.

A Clarins dá o seu apoio à Investigação Médica através da Fundação Arthritis, cujos custos de funcionamento suporta na íntegra. Criada em 1989, por iniciativa de Jacques Courtin-Clarins e Denis Bloch, a antiga ARP (Association de Recherche sur la Polyarthrite (Associação de Investigação sobre a Artrite)) foi reconhecida como Fundação de utilidade pública em 2006. Sob a égide do Dr. Olivier Courtin-Clarins, a Fundação Arthritis adquiriu um novo impulso, com o objetivo de melhorar cada vez mais a qualidade de vida dos doentes e de estimular a Investigação.

Ajudar as crianças.

Quando protegemos a natureza, protegemos o futuro. E o futuro são as crianças. "

Christian Courtin-Clarins, Presidente do Conselho de Vigilância

Respeitar a vida, preparar o futuro. Ocupar-se do presente sem deixar de se preocupar com a qualidade de vida das gerações futuras: eis a vocação do Prémio Clarins. Criada em 1997, por ocasião dos 10 anos da Eau Dynamisante, a iniciativa apoia as mulheres que se dedicam a melhorar a vida de crianças desfavorecidas.

Mais do que um Prémio, é uma ligação forte que une a Clarins e as suas mulheres generosas, mas também as mulheres generosas entre si. Uma ligação que perdura, ano após ano, uma cadeia de solidariedade para estender a mão às crianças em dificuldades.

O Prémio Clarins foi alargado atualmente a 14 países. Desde a sua criação, são mais de 75 as mulheres que foram distinguidas no mundo inteiro.

SABER MAIS SOBRE O PRÉMIO CLARINS

Alimentar para construir um futuro melhor.

A parceria entre a FEED e Clarins, um programa alimentar para ajudar as crianças a regressar à escola.

A parceria entre a FEED e Clarins, um programa alimentar para ajudar as crianças a regressar à escola.

Para a Clarins, a beleza vem do coração. Exprime-se através de ações diretas que ajudam as pessoas mais desfavorecidas.

Fiel aos seus valores humanitários, Clarins apoia a FEED para ajudar a combater a fome no mundo. A FEED é uma ONG fundada por Lauren Bush-Lauren em 2007 que visa implementar programas de alimentação escolares e facultar o acesso das crianças ao ensino.

Iniciada em 2011, a parceria entre a FEED e Clarins já permitiu oferecer mais de 10 milhões de refeições*. E ainda não acabou…

*Estimativa FEED

SABER MAIS SOBRE A PARCERIA ENTRE A FEED E CLARINS

Salvar plantas para salvar seres humanos.

Os jardins pedagógicos: farmácias a céu aberto, sustentáveis e gratuitas para quem não dispõe de acesso a medicamentos convencionais.

Os jardins pedagógicos: farmácias a céu aberto, sustentáveis e gratuitas para quem não dispõe de acesso a medicamentos convencionais.

Ao apoiar a Jardins du Monde, Clarins reforça o seu compromisso com a proteção das plantas e das populações desfavorecidas.

Ao lado de Jean-Pierre Nicolas, etnobotânico e fundador da associação Jardins du Monde, Clarins participa na criação de jardins pedagógicos em Madagáscar e no Burkina Faso. Estes jardins permitem que as populações mais isoladas e mais pobres se tratem e se responsabilizem pelo seu desenvolvimento.

Ao explorar as plantas locais pelas suas propriedades medicinais, as populações reapropriam-se de conhecimentos ancestrais e desenvolvem autonomamente um sistema de tratamentos eficazes e adaptados.

Esta função de "transmissores do saber" perdura graças à edição de livros que recolhem e transmitem os conhecimentos acerca das plantas assim acumulados.